Amigão ganha o prêmio de “Personalidade Política Local” de 2017

Um dos políticos mais comentados durante 2017 foi o vereador Humberto D’Orto Neto (PTC), mais conhecido como Amigão. Membro de uma das famílias mais tradicionais da cidade, o parlamentar já chamava atenção desde quando lançou sua candidatura a uma das 17 vagas para o parlamento de Ribeirão Pires.

Irmão de Mercedes D’Orto (eleita vereadora em 2012, mas que veio a falecer no meio do ano seguinte devido a um câncer), Amigão sempre prometeu dar seguimento ao que sua irmã deu início.

Amigão foi vencedor do prêmio de “Personalidade Política Local”, realizado pelo Diário de Ribeirão Pires juntamente com a Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Ribeirão Pires (ACIARP). No dia da festa de entrega dos prêmios, o parlamentar conversou com a equipe de reportagem do Diário RP sobre o motivo pelo qual decidiu entrar na vida política. “Tenho em mim uma chama, um desejo para trazer mudanças na cidade e na maneira de fazer política. Acredito que a transparência aliada à intensa fiscalização dos atos da Prefeitura em conjunto com a participação popular pode fazer toda a diferença, tanto para trabalhar da forma correta quanto para lutar por causas que sejam do interesse de todos”, afirmou o parlamentar, completando, como dito anteriormente, que o legado iniciado por sua irmã também foi um dos motivos por querer entrar na vida política.

Antes de entrar na vida política, Humberto Neto exercia a função de empresário e corretor de imóveis, mas ele afirma que deu uma pausa nas duas profissões para se dedicar 100% à função de vereador. “Para fazer um bom trabalho é preciso de foco total e dedicação exclusiva aos munícipes e à busca de soluções para todos os problemas da cidade”, completou.

No dia da premiação, Amigão se emocionou e dedicou a conquista do prêmio (que teve votação popular) a Humberto D’orto Filho, seu pai, que estava presente no local.

Para 2018, o vereador promete continuar exercendo sua função da melhor maneira possível, buscando sempre percorrer bairros e conversar com moradores, além de também sempre fiscalizar locais e ações pela cidade, como o próprio sempre reforça.

Notícias relacionadas