CPI da saúde não sai do papel em 2017

A Comissão Parlamentar de Inquérito não teve novas movimentações neste final de ano. Tendo como presidente o vereador Paixão (PPS), como relator Amaury Dias (PV) e como membro o edil Rogério Luiz (PSB), a CPI ficou apenas no papel este ano.

A última informação foi relacionada ao edital, que estava para ser publicado no Diário Oficial, mas não houve a publicação até o presente momento, fazendo com que, pelo menos legalmente, a comissão não tenha saído do papel, já que essa ação era para que se tornasse válida qualquer atitude tomada pelos membros da CPI.

A comissão promete durar 180 dias, depois de iniciada, além de investigar os governos de 2011 até 2017. Todos os prazos que foram estipulados já estão estourados.

Na sessão em que foi votada, Rubão (PSD) exaltou a força jovem para que desse apoio desde a abertura até as investigações finais.

Notícias relacionadas