Alunos de escola estadual em RP geram polêmica em “comemoração”

Foto: Reprodução

Na última sexta-feira (30), algumas escolas, seguindo cronogramas anuais, tiveram seu último dia de aula. A Escola Estadual Álvaro de Souza Vieira foi uma delas. Porém, a atitude dos alunos ao saírem de férias revoltou munícipes e gerou polêmica nas redes sociais sobre como o caso irá proceder.

Alunos do colégio foram filmados jogando documentos, provas, cadernos e outros materiais por diversos pontos da rua, assim que saíram do ambiente escolar. Esses dejetos ficaram jogados na calçada, visto que os estudantes não realizaram a limpeza do local, caracterizando Crime Ambiental, segundo a Lei n.º 9.605, que trata sobre casos como esse.

 

Em específico, este é enquadrado em poluição e outros crimes ambientais, de acordo com os artigos 54 a 61 da mesma lei. Caso os responsáveis por esses alunos sejam denunciados, o parágrafo primeiro discorre sobre o tipo de penalização para esta atitude dos estudantes, que é reclusão de seis meses a um ano, fora pagamento de multa.