Finalmente o terrorismo chega ao fim

Na última semana, a novela jurídica no qual a oposição tentava de todas as formas caçar a cadeira do atual prefeito da cidade, Adler Teixeira, o Kiko (PSB), finalmente chegou ao fim. O Tribunal Regional Eleitoral, por 5 votos contra apenas 1, decidiu que Kiko não tem nenhum problema jurídico para continuar prefeito de nossa cidade.
Os dois processos contra Kiko, um que pedia a impugnação de candidatura e outro que pedia o cancelamento do Diploma de prefeito, foram abertos pelo grupo político de Dedé da Folha (PPS), candidato derrotado nas urnas por Kiko durante as últimas eleições do ano passado.
Durante todo o desenrolar dos processos, foi possível ver um completo terrorismo, manipulação e completa boataria pela cidade. O intuito? Apenas ter o poder pelo poder, de qualquer forma possível, mesmo que fosse necessário jogar sujo, mentir e desestabilizar a realidade e situação política de nossa cidade.
O que vimos, foi a mesma sujeira e nojeira que ocorrerão nas eleições. O desespero pelo poder é tanto, que não importa o que fizer, desde que sente na tão sonhada cadeira de prefeito.
O mais engraçado foi ver políticos formando grupos de secretários e possíveis chapas para concorrer em uma nova eleição, sonhando com a esperada “queda”. Esse tipo de gente, de jeito nenhum, pensa no bem de nossa cidade. Só querem ver o circo pegar fogo e, quem sabe, ter uma vaguinha em algum cargo que pague bem.
O que importa agora é que tudo finalmente acabou e, gostem ou não, Adler Teixeira e Gabriel Roncon são respectivamente Prefeito e vice-prefeito de Ribeirão Pires até, pelo menos, 2020. O que precisamos agora é apoiar, cobrar e também torcer para que mude a realidade que se encontrava na gestão passada, e Ribeirão Pires volte aos tempos em que tínhamos muito orgulho de viver aqui. Caso você tenha votado neles ou não, goste ou não, o que importa é o bem de nossa querida cidade.

Notícias relacionadas