Natural de RP, Pezão está em situação difícil no UFC

Natural de Ribeirão Pires, o lutador de Artes Marciais Mistas (MMA), Marcos Rogério de Lima, o Pezão, está passando por um momento delicado na sua carreira profissional.

Há cerca de três meses atrás, durante a preparação para um evento que ocorreria em Setembro, o lutador foi notificado pela Agência Anti-Doping dos Estados Unidos (USADA) sobre uma substância proibida encontrada em seu organismo, em exame realizado no período fora de competição.

Com esta possível violação, o lutador foi retirado do card no qual estava com luta marcada. Desde então, poucas notícias surgiram sobre a situação do combatente, mas essa semana, em matéria feita pelo Portal do Vale Tudo, o ribeirão-pirense continua negando ter se dopado, alegando que já enviou os frascos dos suplementos no qual estava fazendo uso para avaliação, aonde a intenção dele é mostrar que algum estava contaminado.

Pezão deseja mostrar que é um lutador limpo, mas também tem a intenção de diminuir sua suspensão de um ano por ter sido pego no doping.

Lutador meio-pesado da franquia, Pezão mostrou desejo de subir ao peso-pesado no próximo ano, onde acredita poder disputar de igual para igual com os competidores deste peso que, naturalmente, são os maiores e mais pesados de todas as categorias. O lutador ainda mostrou ambição e disse desejar competir contra o nocauteador Mark Hunt, que atualmente está em litígio com a organização, mas ainda tem contrato vigente.

Notícias relacionadas