Corinthians vence Palmeiras e segue rumo ao título do Brasileirão

Corinthians e Palmeiras fizeram um jogo digno da grandeza das equipes em seu último “Dérbi” do ano centenário do clássico que, para muitos, é considerado o principal jogo do país e, também, do mundo. A grande rivalidade cresce a cada ano devido a competitividade que o duelo traz para os campeonatos.

No último domingo (05), a partida disputada na Arena Corinthians contou com diversos ingredientes que apimentaram o clássico. Decadência do líder alvinegro e ascensão dos palestrinos, talvez esses dois itens tenham sido a razão pela qual a partida estava sendo tão esperada pelos torcedores. O jogo não deixou a desejar.

O Palmeiras começou bem a partida, marcando a saída de bola defensiva do rival, mas a partir dos 10 minutos os líderes começaram a tomar conta da partida e, aos 27 minutos, Rodriguinho bateu cruzado e Ángel Romero apareceu para empurrar para as redes, marcando o primeiro do clássico. Antes que os palmeirenses pudessem se recompor, os mandantes ampliaram o placar dois minutos mais tarde, com o zagueiro Balbuena, após cobrança de escanteio.

O Corinthians tomava conta do jogo, mas aos 35 minutos o Palmeiras descontou com o zagueiro Yerry Mina, aproveitando escanteio cobrado pelo atacante Dudu. O gol dava indícios que os palmeirenses voltariam para o jogo. Porém, no lance seguinte, o zagueiro Edu Dracena comete pênalti em Jô, que bate rasteiro, no canto esquerdo de Fernando Prass e esfria uma possível reação dos visitantes.

O segundo tempo foi de ataque palmeirense enquanto o Corinthians tentava se defender de qualquer maneira, mas aos 23 minutos da segunda etapa, em falha do zagueiro Pablo após bola lançada na área, Moisés marcou um lindo gol, deixando novamente o jogo emocionante. Neste momento, quem pensava que o Palmeiras iria com tudo atrás do empate, viu a equipe sem criação, apenas lançando bolas na área, tentando tirar proveito do que é considerada a maior falha defensiva do Corinthians.

O jogo se encerrou 3×2 para o Corinthians, que abre 8 pontos de vantagem para a equipe palestrina e vê o título mais perto. Em contra-partida, a equipe do Santos encostou e está apenas 6 pontos atrás do líder.

Polêmicas

Torcedores do Palmeiras, logo após o término do jogo, reclamaram em redes sociais sobre um possível auxílio a equipe da casa.

No primeiro gol do Corinthians, imagens das transmissões pela televisão mostram o atacante Ángel Romero impedido na hora do toque de Rodriguinho, o que caracteriza gol irregular da equipe alvinegra.

Um outro apontamento foi Gabriel, volante da equipe corintiana, que retornou ao gramado após atendimento sem a autorização do árbitro. Os jogadores do Palmeiras queriam que o juiz aplicasse o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o vermelho, como está na regra. O que ninguém percebeu foi que o lance não passou de uma falta de comunicação entre árbitro, bandeira e o próprio volante do Corinthians. O árbitro fez um sinal para o goleiro Cássio cobrar o tiro de meta mais rápido, então o “bandeirinha” entendeu que o gesto era para autorizar a volta de Gabriel ao gramado. Após conversas, o juiz disse para o jogador novamente sair de campo para aguardar a autorização da sua volta ao jogo.

Para encerrar o Dérbi Centenário, Deyverson acertou uma cotovelada em Felipe Bastos e acabou sendo expulso, prejudicando ainda mais a equipe do Palmeiras.

Agenda

Na próxima quarta-feira (08), o Corinthians enfrentará o Atlético Paranaense, em Curitiba.

A equipe do Palmeiras enfrenta o Vitória, também na quarta-feira (08), em Salvador.

 

Notícias relacionadas