Três anos exercendo seu direito de saber

Há três anos, dois jovens recém formados, analisavam a situação do jornalismo regional. Eu e um advogado, meu amigo desde a época do ensino médio, fizemos duras críticas à situação na época. Até que pensamos: “Porque não tentar fazer algo pra ajudar?” Foi aí que tive a ideia de montar um site de notícias, onde os moradores não teriam que esperar dias para receber uma informação. Surgia o Diário de Ribeirão Pires.

A ideia era que diariamente, publicássemos notícias na internet e ajudássemos as pessoas, principalmente as que, diariamente, eram vítimas de injustiças. Com o espírito de luta, fomos atrás de toda a construção do que fosse necessário. Pouco menos de seis meses, também já tínhamos nossa primeira edição impressa pela cidade. Lembro que na época, rodei como louco para conseguir distribuir por toda a cidade. Tivemos várias ajudas de amigos próximos para ajudar na logística e fazer com que a edição impressa chegasse no maior número de bairros possíveis.

Hoje, com apenas três anos, o Diário de Ribeirão Pires já se consolidou como importante veículo de comunicação da região. Apenas nos últimos 12 meses já foram mais de um milhão de acessos em nosso portal da internet. Atualmente são mais de 100 mil acessos por mês em nosso site que é atualizado com diversas notícias todos os dias. Nas quartas feiras, temos a edição impressa com 10 mil exemplares distribuídos em mais de 400 pontos em Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Nesses três anos, sempre apoiamos o senso crítico dos moradores de nossa região, não nos curvamos a atitudes autoritárias, nem nos rendemos às ameaças, que sofremos diariamente por aqueles que temem a verdade. Sempre levamos a informação de forma limpa e transparente para o leitor, e muitas vezes enfrentamos pessoas pelo bem maior de nossa sociedade.

Muito obrigado a todos por estarem ao nosso lado, por toda a audiência e apoio prestado. Posso garantir que a nossa essência continuará a mesma, sempre agindo de forma transparente, e sem pensar em interesses próprios, levando a informação com qualidade técnica excelente e tratando os moradores de nossas cidades como um leitor de primeira linha, que merece e deve ser respeitado. Muito Obrigado!

Notícias relacionadas