Santa Casa de Mauá investe R$3 milhões em ampliação

Com investimentos próprios na ordem de R$ 3 milhões a santa casa de Mauá passará por uma ampliação de seu espaço físico, prometendo uma melhora significativa em todos os setores. Harry Walendy, superintendente da entidade, conversou com o DiárioRP e expôs o novo plano-diretor, além de dar mais informações sobre o crescimento.

Harry informou que existe um planejamento que está sendo pensado para os próximos 10 anos, sendo ele dividido por fases e começando já pelo mais urgente que, na opinião do gestor, é o pronto-atendimento. ‘’Anteriormente estávamos atendendo 20 mil por mês em um espaço que se saturava com 15 mil, estamos ampliando a capacidade agora para 50 mil por mês.’’, disse.
O pronto-atendimento adulto passará a ter 10 salas, antes eram 3.

Também contou sobre a ampliação dos apartamentos que, anteriormente, eram apenas 10. Agora, outros 20 apartamentos serão entregues na primeira fase do plano. Já as salas cirúrgicas, que antes eram 3 e atualmente são 4, serão entregues nos padrões dos grandes hospitais de São Paulo, como Sírio Libanês, que importa alguns móveis da República Tcheca.

‘’Tendo bons equipamentos e uma boa instalação, eu atraio uma boa equipe médica e melhoro o atendimento para o usuário, esse é meu objetivo’’.

500 funcionários trabalham todos os dias na Santa Casa e 110 médicos prestam serviços para a unidade, demanda que pode aumentar se necessário. O aumento do terreno, que hoje tem 6 mil metros quadrados, passará a ter 15 mil metros, duas vezes e meia de crescimento.

A primeira fase está prevista para ser concluída em dezembro e até 2020. O superintendente promete tornar a Santa Casa referência para outras unidades hospitalares, além de outras novidades produzidas pelo marketing da unidade que também virão como auxílio.

Notícias relacionadas