CPI da Saúde começa a se movimentar em RP

Na sessão da última quinta-feira (14) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da saúde foi instaurada e já está em pleno funcionamento. Os parlamentares responsáveis já esclareceram algumas coisas e já tem pontos para iniciar a investigação.

Em reunião preparatória, os integrantes estabeleceram o período que será investigado. Ele será de 2009 até o início de 2017, ou seja, os dois mandatos anteriores e o início da nova gestão.

Rogério Luiz (PSB), vereador estabelecido como membro da CPI, ressaltou, novamente, a importância que o processo tem para a cidade, que já poderia ter um hospital referência, visto que foram liberados milhões de verbas em gestões anteriores e, atualmente, não se sabe o que aconteceu com o dinheiro e a obra está paralisada.

Já o vereador Amaury (PV), estabelecido como relator, fez questão de esclarecer que as investigações iniciarão com os contratos de serviço, fornecedores, honorários e, inclusive, alguns médicos que também passaram pela saúde da cidade nas últimas gestões O processo ainda não está correndo no prazo dos 180 dias por ainda estarem realizando trâmites jurídicos.

Paixão (PPS) foi um parlamentar indicado por Rubão para presidir a comissão.

Para acompanhar a cobertura completa do Diário de Ribeirão Pires, acesse a nossa página exclusiva sobe o tema: www.diariorp.com.br/cpi.

Notícias relacionadas