Crise na saúde de Rio Grande da Serra

UPA deve atender ao menos 300 pessoas por dia. (Foto: Divulgação)

A saúde de Rio Grande da Serra enfrenta forte crise. Médicos denunciam que há pelo menos três meses não recebem seus salários por conta da falta de repasse da Prefeitura da cidade. A empresa que administra a saúde do município também confirma os atrasos. Por conta disso, boicotes estariam sendo realizados. Uma equipe do DiárioRP foi até o local e ouviu moradores da cidade sobre o assunto. Veja no vídeo abaixo: