Se Governo taxar, preço do Netflix pode subir no Brasil

(Foto: Divulgação)

Em dezembro de 2016 o Governo Federal aprovou um novo ISS, mas parece que este não será o único. Ao que tudo indica o Governo Brasileiro adotará uma nova cobrança sobre os serviços de reprodução por streaming, atingindo em cheio serviços como Netflix e Spotify. 

Com esse novo imposto o “Brasil” estima arrecadar cerca de 300 milhões de reais somente com a Netflix até 2022, por meio da Ancine (Agência Nacional do Cinema). A ideia é fazer com que, pagando essas taxas, as empresas “colaborem” com o desenvolvimento da cultura do cinema no país, por meio do Condecine (Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional”.

Para se ter uma ideia, caso isso aconteça, a Netflix pagará 7 mil reais por cada produto estrangeiro com mais de 50 minutos de duração em sua catálogo. Além disso, há uma taxa extra de mais de R$ 1.800 por episódio de série estrangeira. Já em relação aos produtos nacionais, seriam cobrados cerca de R$1450,00 por filme, e 364 reais por capítulo de série ou novela brasileiros.

Com tudo isso, é claro que os valares cobrados pela gigante do Streaming no país tendem a aumentar, dificultando para que mais uma empresa continue prestando serviços no Brasil.

 

Notícias relacionadas