Jovem morre após ser atropelado em bairro de RP

A rua Ernesto Molon, no Bosque Santana, vem sendo motivo de muita preocupação para os moradores do local, que reclamam de inúmeros problemas. O primeiro, e talvez o mais grave deles, é a alta velocidade que ônibus e carros têm empregado quando passam por ela. Segundo informações dos moradores, é quase impossível não ouvir, por exemplo, quando um ônibus passa pela rua. A preocupação não é somente com o incômodo causado pelo som ou o tremor dentro de casa, mas também em relação a falta de segurança na rua. Os munícipes disseram já ter protocolado vários pedidos à Câmara dos Vereadores para que lombadas e redutores de velocidade fossem instalados no local, principalmente para evitar algum acidente.

Entretanto, o pior aconteceu na noite do último sábado (11), quando um jovem de 23 anos foi atropelado por um carro cujo motorista não prestou socorro, fugindo do local em alta velocidade. Na mesma noite os moradores, revoltados com o ocorrido, fizeram uma manifestação, onde interromperam a passagem da rua queimando madeira e outros objetos. O rapaz foi levado à UPA Santa Luzia onde recebeu os primeiros atendimentos, pois só havia algumas escoriações pelo corpo, mas segundo a médica que o atendeu, seu quadro evoluiu para um estado de choque muito forte, e ele foi levado para observação e atendimento mais detalhado, no Hospital Nardini, em Mauá, onde acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. A rua também havia sido pintada pelos moradores, que pediam para que motoristas diminuíssem a velocidade para evitar acidentes, o que obviamente não foi respeitado. Na tarde da última terça-feira outro protesto aconteceu devido a confirmação da morte do rapaz. Lá, os moradores gritavam palavras de ordem e questionavam a ação das Secretarias responsáveis e da Administração Pública.

Ao DiárioRP, o Secretário de Transportes, Sargento Adão, informou que sabe dos perigos da rua que da última vez que foi secretário, já havia colocado uma lombada no local, que foi retirada pela administração passada. Além disso, também informou que já solicitou à Secretaria de Infraestrutura que instale redutores no local. Procurado por nossa equipe, o Secretário de Infraestrutura, Diogo Manera, informou que não tem nenhum contrato vigente para asfaltamento e instalação de lombadas, mas que o processo licitatório já está em andamento e que através de uma parceria da Prefeitura, deverá instalar as lombadas na rua ainda esta semana, e sem custos para os cofres públicos.

De acordo com informações obtidas com exclusividade pelo DiárioRP, o autor do atropelamento já foi identificado pela Polícia Civil e sua apresentação está em negociação entre a Polícia  e seu advogado para os próximos dias.

Notícias relacionadas: