Justiça determina que Câmara deve abrir CPI da Saúde

Foto: DiárioRP

A Juíza Isabel Cardoso da Cunha determinou na última sexta-feira (24), que a Câmara Municipal de Ribeirão Pires deve dar andamento ao processo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que deverá investigar a Saúde da cidade, mas estava parada na casa pelo Presidente, José Nelson de Barros (PMDB).

A CPI já havia sido aprovada no ano passado por todos os vereadores, mas estava parada, pois o Presidente da Câmara não dava andamento ao processo. Agora, com a decisão da justiça, José Nelson será obrigado a dar prosseguimento imediato aos trâmites de abertura da CPI.

A decisão foi tomada por conta de um processo judicial aberto pelos vereadores Gabriel Roncon, Eduardo Nogueira, Berê do Posto e Rubens Fonseca. A decisão cabe recurso.

Notícias relacionadas