Caro leitor,

A quem enfrentou dificuldades momentâneas de acesso ao nosso site, ou não conseguiu visualizar parte de nosso conteúdo, pedimos sinceras desculpas. Informamos, abaixo, os motivos dessa instabilidade:

Quem acompanha, há algum tempo, nosso jornal (que ainda nem começou a circular na versão impressa pela região!) já sabe dos nossos valores, dos nossos compromissos, e da nossa enorme preocupação em levar informação de qualidade.

A enorme quantidade de elogios, de mensagens acolhedoras, de “curtidas”, e o alcance que nossas matérias têm obtido, através das ferramentas de compartilhamento, são a prova de que o cidadão de Ribeirão e região estava ansiosamente à espera de um meio de comunicação como o nosso. Aliás, que fique claro: nossa equipe de profissionais também é composta por cidadãos da região, ávidos por saber o que se passava por aqui, de modo que também acabamos nos informando um pouco mais à medida em que apuramos os fatos para informá-los.

Naturalmente, quanto maior a nossa popularidade e o nosso sucesso, mais acabamos incomodando aqueles que não têm interesse na divulgação da verdade. Nas últimas semanas, quando nosso site atingiu picos de acesso e feedback positivo jamais registrados (tudo isso fruto do enorme apoio de você, nosso leitor), também pudemos confirmar o que já suspeitávamos: há algumas pessoas dispostas a qualquer coisa para nos silenciarem.

Percebemos que as matérias que mais interessam você, nosso leitor, são aquelas que expõem ou “denunciam” o que não vai bem em nossa região. Natural: nós também estamos preocupados com o rumo das coisas. E são justamente essas matérias que incomodam quem não quer que a verdade venha à tona. A título de exemplo, recebemos alguns contatos “pedindo” que mudássemos o sentido de algumas matérias, ou “sugerindo” que voltássemos atrás sobre o que havíamos informado.

Nossa equipe constatou, que desde as primeiras horas do dia 2 deste mês, foram feitas, pelo menos, 711 tentativas de invasão em nosso site. Tentaram (e continuam tentando!) comprometer o conteúdo da matéria mais recente que publicamos (“Saulo é o pior prefeito avaliado no ABC, diz jornal“). Felizmente, não obtiveram êxito. Entretanto, não descartamos a hipótese de a enquete presente na matéria ter sido adulterada, já que se trata de uma ferramenta oferecida por um terceiro.

É por conta dessas tentativas de invasão, que nosso site pode ter ficado instável ou até saído do ar por alguns momentos. Trata-se de uma proteção do nosso sistema, caso alguém tente derrubá-lo. Já estamos implementando melhorias. E reiteramos nosso pedido de desculpas.

Todos estes fatos – tanto o apoio de quem aprova nossa empreitada, quanto a resistência daqueles que não querem que prossigamos – provam que o jornalismo em Ribeirão e região pede uma reinvenção, nossa maior proposta e preocupação.

Por tudo isso, caro leitor, esteja certo de que continuaremos trabalhando, e desbravando os obstáculos que se colocarem à nossa frente, para que a informação de qualidade e a verdade cheguem aonde devem chegar: você!

Não vamos parar! Continue conosco!

Equipe do Diário de Ribeirão Pires